terça-feira, 24 de junho de 2014

The Fifties - Hamburgueria dos Anos 50



A verdade é que não sou muito de hambúrgueres, mas sou bastante pelos anos 50! Por isso decidi reunir umas amigas e comemorar o meu aniversário no The Fifties, uma hamburgueria no Parque das Nações a imitar os bares dos EUA nos anos 50. 

O The Fifties tem coisas muito boas, mas tem outras que sinceramente... A antipatia e a falta de organização são verdadeiramente exasperantes, como não permitirem reservas às 13h30 (só até às 13h...), TODOS os empregados servirem a TODAS as mesas (por isso de minuto a minuto vão ter um empregado a perguntar se já pediram, se desejam alguma coisa, etc etc), fecharem o andar de cima às 14h (obrigando-vos a deslocarem-se para o andar de baixo se quiserem permanecer mais tempo no restaurante)... e a antipatia é generalizada (e com muitos poucos sorrisos no atendimento, nem amarelos!)



Posto isto, o ambiente: FANTÁSTICO! Parece que aterrámos mesmo nos anos 50 nos EUA. Apesar do excesso de cor-de-rosa, o espaço em matéria de decoração está impecável. O menu é vasto e acessível para o que é e para a zona. 

Pedi uma Red, White & Blue Chicken Salad, que estava mesmooooo deliciosa. Nunca tinha comido umas tiras de frango tão estaladiças, a dose era enorme e não tenho absolutamente nada a apontar. Os hamburgueres sãotambém muito grandes, com um ótimo aspeto e todas as minhas amigas gostaram imenso. A sanduiche que uma amiga pediu (Meg Veg Sandwich), infelizmente, já não teve a mesma sorte: parecia que os legumes vinham de facto dos anos 50 - ou seja, azedos. Mas resolveram a questão rapidamente, indo o prato para trás e apressando-se a oferecer outro.


A minha saladinha com o frango delicioso.

Para sobremesa, o Chocolate Fudge Cake que pedi estava algo do outro mundo, uma fatia enorme de bolo de chocolate húmido acom imenso molho de chocolate. Para a próxima, peço o Cheese Cake de Caramelo que umas amigas pediram, estava delicioso e a nadar num grande mar de molho de caramelo.



Ainda tenho sonhos com este bolo...
Resumindo: vale muito pelos preços, pelo ambiente e pela comida (tudo indica que a sanduiche azeda da minha amiga foi mesmo pouca sorte), mas a simpatia (os sorrisos devem estar caros) e a organização deixam muito a desejar - e para mim, é uma parte essencial de um restaurante, seja ele qual for.


The Fifties American Diner Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

5 comentários:

  1. Se gostas de restaurantes dos anos 50, um dia que passes por Espanha, não parcas a oportunidade de ir ao Tommy Mel's (http://www.tommymels.com/) porque é mesmo mesmo mesmo maravilhoso. A decoração é sempre fantástica, a comida é otima e o serviço nunca tive nada a dizer e já experimentei em dois ou três sítios diferentes. Há em varias cidades espanholas.

    Já falei lá no blog da ultima vez que fomos, em León (http://10yearsbituine.blogspot.pt/2014/03/leon.html)
    É uma pena que não exista nenhum em PT. :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :D Querem ver que vou ter de ir a Barcelona??? :D
      Obrigada pela sugestão Jelly ^^

      Eliminar
  2. Muito bom aspecto, principalmente o bolo :) E parabéns!
    ____________________
    aculpaedasbolachas.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estava tão bom! Ia agora uma fatia, já...

      Eliminar
  3. Também não sou particularmente fã de hambúrgueres, mas gostei do ambiente :) parece que captura mesmo aquele estilo meio "foleiro" mas engraçado, aquele comprimento estranho das cadeiras alongadas e as cores e padrões daquele tempo :)
    Infelizmente o atendimento é um fator determinante, por muito bonito que seja o espaço ou melhor que seja a comida não apetece ir a um restaurante com empregados beiçudos. E a organização também é importante, ainda que a considere abaixo da simpatia (ao menos se se pedir desculpa e sorrir não faz assim tãão mal... Só é chato. Agora as duas coisas conjugadas... Que mau :P)
    Excesso de cor-de-rosa? Onde? :P haha tem de ser mesmo aquelas cores bebés (eufemismo para mosquinha morta). Mas é isso que dá "aquele" toque :)
    Eu sinto que não sou muito criativa a pedir pratos em restaurantes, acho que nunca pediria isso - e pelos vistos até perdia :P Os pedaços de frango parecem algo "irregulares", mas se estavam tão bons acho que se pode dizer antes "originais" ;) Também ninguém quer douradinhos :P (Eu é que só estou habituada a olhar para douradinhos. Nunca comi tiras de frango fritas, acho eu. E fiz uma comparação visual com douradinhos. Talvez seja melhor ignorares as últimas frases.)
    O hambúrguer de vegetais deve ser um bocadinho como as saladas do McDonald's ou de pizzarias... São os rejeitados do menu que ninguém pede, portanto eles não querem saber. E deixam os camarões meio crus. (Desculpa, é um trauma pessoal :P). OU como os hambúrgueres da telepizza. Nunca encomendes uma hambúrguer da telepizza. Pensando melhor, nem lasanha. Nem frango. Pede só pizza, é melhor.
    Se deram outra coisa não é muito mau :P (também mau era, claro...) Mas se deram algo que não o mesmo hambúrguer parece que estão a admitir que os vegetais são rançosos e que não é uma excepção! (De qualquer das maneiras é preciso ser-se paciente E crente. Já ouvi gente orgulhosa por descobrir baratas no hambúrguer e exigir outro. E comê-lo. :P)
    Essa salada está mesmo com bom aspeto :)
    ... Mas o "chocolate fudge cake" ganha... Lamento, frango crocante :P Que foto cruel! A ponta da fatia é normalmente a melhor parte ;)
    O cheesecake de caramelo também parece boa ideia, mas não sei se arriscava :P Pronto, eu não sou a melhor pessoa para dar conselhos, quando gosto peço sempre exatamente a mesma coisa :)
    Realmente parece que os vegetais azedos foram contagiados por "alguém", se é assim um mal geral... Ainda é pior com os empregados, que o hambúrguer ao menos vem com batatas fritas :P
    Apesar dos problemas com o pessoal eu acho que ia aí... Ao menos para a sobremesa! :)
    Ps: já me esquecia e de qualquer das maneiras venho bastante atrasada, mas parabééns :D

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita!