quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Lasanha de atum e milho - para a inauguração do palácio das princesas!


A minha família é grande, por isso há sempre muitos aniversários: de casamento, de nascimento (com a minha bisavó a fazer anos duas vezes, cortesia dos antigos registos civis...), de namoro, de divórcio, eu sei lá... E depois há o Natal, a Páscoa, o dia da Mãe, o dia do Pai, o Carnaval... muitos dias para serem celebrados. Por isso um dos meus cenários de conforto (sabem? Aquelas visualizações para fugir ao stress...) é a sala de jantar da minha avó, cheia de familiares barulhentos, comida na mesa, guaraná nos copos, bombons no armário para comer com o café, mãos entrelaçadas nas da minha bisavó ("Filha, tens sempre as mãos tão frias!") e cabeça encostada no seu ombro, enquanto se houve discutir por meia hora o melhor caminho para chegar à terra ou se contam histórias engraçadas antigas (onde eu detenho grande parte do protagonismo, para minha infelicidade!) e eu fico dividida entre continuar a ouvir e a antecipar a sesta no sofá. 

Food tastes better when you eat it with your family. #food #quote

A minha mãe também gosta da casa cheia de gente. A casa da terra tem imensas camas e sítios que facilmente podem ser transformados em "sítios para dormir" (contei agora: são precisamente 11 camas que perfazem entre elas 13 lugares, fora um sofá cama - mais 2 lugares! - e um berço que está desmontado no sotão, mas que facilmente se monta numa eventualidade. E chão, claro. Muito chão para sacos-cama e gente com boa vontade...). Em casa dos meus pais há sempre lugar para mais um: no coração, à mesa e para dormir. Todos são bem vindos. A casa dos meus pais é elástica.

Influenciada por isto, também desde cedo que decidi que a minha casa havia de ser assim: de portas abertas para quem gosto, com muito espaço para dormir. Com almoços temáticos, festas de anos barulhentas, jantares calmos à luz das velas, jantares buffet seguidos de karaoke, jogos de cartas sem esperar que se levante as chávenas do café. Com pessoas às vezes a dormir nas camas, nos sofás e espalhadas pela casa. 


Por isso, tinhamos de fazer um jantar de inauguração da nossa casa palácio. A nossa ideia era a mesa cheia de amigos da faculdade, gente espalhada pelas camas, sofá e chão, muita comida boa e muita parvoíce à mistura. Por casualidades da vida, vieram apenas dois amigos - mas apesar de poucos, houve isso tudo (principalmente muita parvoíce!). Pelo meio, uma fantástica lasanha de atum. E para sobremesa, bounty de colher.

As fotos e o aspeto não é do mais glamouroso que pode haver, mas acreditem que estava bom!

Daqui a umas semanas, farei um almoço de família.

Daqui a mais outras semanas, será um jantar de Natal.

Daqui a outras semanas, mais amigos virão conhecer a casa.

Porque esta casa já é muito minha, e já está cheia de boas recordações. 

Ingredientes
Molho de legumes:
2 c. sopa de azeite
1 cebola grande
1 cenoura grande
1 pimento verde
4 dentes de alho
2 folhas de louro.
1 copo (dos de vinho) de polpa de tomate
1/2 copo de vinho branco
orégãos q.b
Água q.b.

Atum:
1 c. sopa azeite
1 dente de alho
3 latas de atum em água
1 lata grande de milho
2 c. sopa do molho de legumes

Restante lasanha:
12 placas de lasanha
2 pacotes de natas light
1 pacote de molho bechamel
sal e noz moscasda
1 pacote de queijo mozzarela ralado

Modo de fazer:
1 - Começar com o molho de legumes:
2 - Cortar a cebola em meias luas e a cenoura em cubos e refogar no azeite juntamente com as folhas de louro. 

3 - Juntar a polpa de tomate e os dentes de alho e deixar refogar mais um pouco. 

4 - Juntar o vinho branco, os pimentos e um pouco de água. Quando tudo estiver cozinhado, apagar o lume e triturar tudo muito bem com uma varinha mágica (não esquecer de tirar as folhas de louro primeiro!). Juntar mais água - a ideia é ficar da consistência de... bem, de um molho de tomate! Não muito ralo, mas também não muito espesso. Temperar com os orégãos. 



De seguida, fazer o atum:
1 - Aquecer o azeite e juntar o dente de alho picado. Juntar o milho e o atum previamente escorrido e desfeito com um garfo. Juntar um pouco do molho de legumes, deixar reduzir e reservar.


Montar a lasanha
1 - Numa tigela, misturar o bechamel com as natas. Temperar com sal e noz moscada a gosto. 
2 - Num tabuleiro, dispor um pouco deste molho, depois as placas de lasanha, metade do molho de legumes, metade do atum e metade do molho bechamel. Repetir novamente as placas de lasanha, o molho de legumes, o atum e as placas de lasanha. Terminar com o restante molho bechamel e o queijo ralado.

3 - Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 40 min.


Bom apetite!

Para 4 ou 6 doses
Cerca de 694/463 kcal/dose

10 comentários:

  1. Que delicia flor, e já anotei para fazer aqui em casa amei, e vou sim fazer ummmm
    Olha tem post novo "Compras no site Miniinthebox" poderia me visitar? e rola sorteio de tablet e sempre que também tiver post novo, me avisa sempre venho ver
    magrafelizpensa.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. - Adoro tanto lasanha , seja de atum , de carne de legumes :)

    ResponderEliminar
  3. que bela refeição!!!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Olá, querida Anouska
    Uma deliciosa receita que copiei pra fazer...
    Obrigada para partilhar...
    Bjm fraternal

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita!