terça-feira, 8 de julho de 2014

Queques com pepitas de chocolate


Incrivelmente, acho que nunca falei disto aqui (mas claramente compensei no meu outro blogue, o Chá de Verão).

Os "meus" meninos da catequese. 

Dou catequese desde os 13 anos (como é possível?!?!), e apesar de sempre ter gostado muito, desde que comecei com o meu amigo João com um grupo "só nosso" que tem sido sempre a melhorar. Não sei se é por eu estar diferente, se é por dar catequese com uma pessoa que me lê os pensamentos ainda antes de nós começarmos a pensar, se é por os miúdos serem fantásticos (não sinto MESMO que os miúdos estão cada vez piores, muito pelo contrário), a verdade é que este grupinho (que é nosso há três anos e que este ano fez a Primeira Comunhão) é especial. Há qualquer coisa em ver um grupo de crianças crescer, formar opiniões, formular questões e pensar muito. É bom ver as crianças crescer.
(Claro que se não forem católicos isto passa-vos um bocado ao lado, por isso desculpem!)


No último dia de catequese, para tornar a nossa despedida um bocadinho mais docinha, depois de uma conversa em que fizémos o balanço do ano e depois de algumas fotos com caretas (que só não mostro por respeito à privacidade dos miúdos!) distribuí estes queques por todos. 

Acomodados e prontos para a viagem!

Simples, saudáveis, pouco doces e, talvez, um pouco duros de mais (esta ciência dos queques!...). 
Mas foram feitos com muito carinho e distribuídos ainda com mais carinho. 


Ingredientes:
2 cháv. farinha
1 cháv. açúcar
1/2 cháv. óleo
2 c. sopa de linhaça amarela moída + 6 c. de sopa de água
1 cháv. de água morna
1 c. chá de fermento
1 c. chá de bicarbonato
2 c. sopa de vinagre de cidra
1 embalagem de pepitas de chocolate


Modo de fazer: 
Deixar repousar durante cerca de 10 min a linhaça com a água. 
Numa taça, misturar os ingredientes secos (farinha, açúcar, fermente, bicarbonto e pepitas de chocolate).
Noutra taça, misturar os líquidos (mistura de linhaça, óleo, água, vinagre). Juntar esta mistura aos ingredientes secos e envolver (cuidado para não mexer de mais ou os queques ficam duros). 
Distribuir em forminhas para queques e levar ao forno durante 10 min a 200 ºC. Ao fim desse tempo, reduzir a temperatura do forno para 180ºC durante mais 5 ou 10 min (até que esteam cozidos). No fim, ainda coloquei os queques numas forminhas de papel.

Rende 12 queques
Cerca de 268 kcal/queque


Alguns elementos da "tribo" e nós, no Passeio de Fim do Ano

9 comentários:

  1. Que belo aspecto!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Deve ser realmente uma experiência gira. Não gosto de generalizar, mas mesmo em algumas crianças muito novas vou notando alguma "maldade", o que me entristece um bocado. E a tendência ao crescer acaba por ser um bocado essa, especialmente entre grupinhos de amigos. Mas ainda bem que não notas nada - eu também não tenho grande objeto para comparação e, de qualquer das maneiras, não sou lá grande coisa a acompanhar evoluções. De qualquer das maneiras acho que de jovem para adulto ainda se ganha alguma civilização :P mas criança pequena é o melhor, não há grandes influências ou mesquinhez... Coisas que também se vão aprendendo na escola.
    Sem dúvida que ver crianças a crescer é muito gratificante :)
    Eu não sou católica, mas isto não "me passa ao lado" e tenho de discordar dessa parte - mesmo para alguém que não é católico isto pode ter significado. Acho que este texto está pouco relacionado com isso, até; é só a base da história, o mais importante é mesmo as crianças "especiais" e o crescimento bom delas. E para admirar o desenvolvimento e a bondade não é preciso ser-se sequer cristão...
    Parece-me ser um bom incentivo a aprimorar a tua técnica de fazer queques - uns miúdos tão especiais merecem queques bem fofinhos ;)
    Não deixas a linhaça repousar com a água? Como é para substituir o ovo deve precisar da consistência gelatinosa. Já vi tempos de espera entre 5 minutos e 2 horas... Senão é capaz de ficar líquido. Mas não sei :P
    Olha que esses muffins tem bom aspeto ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Avelã, esqueci-me de dizer essa parte! Eu deixo sempre 10 min a linhaça repousar com a água.
      Eu não gosto de crianças no geral: há crianças que gosto mais e outras que gosto menos (como adultos e idosos, na verdade, como toda a gente que conheço!), mas no geral prefiro as crianças com esta idade ou até um pouco mais velhas (ali na puberdade). Não vejo muita maesquinhez nas crianças ultimamente: aliás, pareceme que com o passar dos anos, no geral, se estão a tornar mais tolerantes, abertas e carinhosas. Mas se calhar estou a ter muita sorte com os miúdos que se atravessam no meu caminho! Estes então, são mesmo especiais, merecem todos os queques do mundo :)

      Eliminar
    2. Olha, afinal não me esqueci, deves ter visto mal! É logo a primeira frase do modo de fazer.

      Eliminar
  3. Tudo o que venha com pepitas de chocolate é bom!!! :) Têm um aspecto fantástico! Aposto que toda a gente adorou :)

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita!