segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Coisas boas das férias II

À semelhança do ano passado decidi manter esta rúbrica anual. Acho que é uma boa tradição, cada vez que acabar as férias fazer um levantamento de tudo de bom que comi e que não foi cozinhado por mim. O que acham? Sempre é uma maneira de vos dar a conhecer, quem sabe, certos restaurantes ou lojas que de outra maneira vos podiam passar ao lado - e como vocês sabem, eu gosto de partilhar coisas boas com vocês.

Hoje foi o meu primeiro dia de estágio (como é que de repente já estou no 5º ano?!), o que implicou entre outras mudanças uma mudança de casa. E onde a minha tarefa será cozinhar (acreditam que a minha colega amiga, prefere limpar a cozinhar??? O mundo está perdido! :P ), por isso esperem muitas receitas deliciosas...

O ano passado a lista de coisas boas, não sendo pequena, não era imensa. Este ano a coisa foi diferente e tive de fazer uma seleção (!) caso contrário este post teria meio metro de comprimento. O que diz muito sobre mim e sobre estas férias e justifica o facto de ter engordado quatro quilos desde Julho.

Então cá vai a seleção deste verão. Espero que gostem! E vocês? Tiveram alguma experiência gastronómica este verão digna de relevo?

Leite de cabra com chocolate, da terra do meu avô, mais...

... coalhada feita com o leite de cabra....

... mais pão com a nata do leite de cabra. Não preciso de mais nada para me fazer feliz :)

O gelado do verão, como já falei aqui (e que em Agosto foi tão dificil de encontrar!)

Cachorro poker face do bar da piscina da terra do meu cunhado. Estava mesmo bom!

Também da terra do meu cunhado, a jeropiga, que se vendia em copos de cerveja (céu!)

O gelado de morango da Dona Laurinda, tão delicioso como o seu gelado de pêssego

Pain d'épices em Paris, para matar saudades de Taizé.

Baguette da Brioche Dorée, também em Paris, que não desiludiu nadinha (ao contrário da sobremesa, um éclair sem graça nenhuma). 

Num restaurante chinês perto do nosso albergue, em Ledru Rollin. Pena não me lembrar do nome, a comida era deliciosa e nada cara! Preferência especial pelas bolinhas de porco agridoce, na foto no canto superior direito perto dos bróculos. Uma delicia!

Os belos dos macarons, comprados na Maison du Chocolat dentro do Museu do Louvre. Bons, mas foi preciso chegar a Trás os Montes para comer os melhores macarons da minha curta existência, trazidos de Bordéus pela cunhada da minha tia. 

Uma maçaroca de milho à entrada da estação de metro do Père Lachaise (onde passei uma tarde fantástica no cemitério, a minha parte preferida de Paris!). Soube-me pela vida!

Kouignettes, o bolo mais delicioso à face desta terra. Não vou descansar até descobir a receita perfeita. A minha era de rum e passas e se não me engano a da minha irmã era de amêndoa, mas já não tenho a certeza. Compradas perto do Sacré Coeur, como mostra a foto, numa lojinha muito simpática cheia de coisinhas boas (infleizmente não me lembro do nome)

Especialidades marroquinas de uma pastelaria também marroquina perto do Moulin Rouge. Charuto de psitachio (para mim) e baklava, para a minha irmã. Só de me lembrar dá-me água na boca.

Martinis com gelo e limão, na sala de espera da executiva no aeroporto de Orly! Devido à greve da TAP tivemos de vir um dia mais cedo, mas ao menos viemos em grande estilo :)

Farófias da avó, sempre boas. Sempre muito boas!

Tremoços da festa de Bemposta, este ano especialmente bons. 

Posta mirandesa, sempre irrepreensível no restaurante A Lareira em Mogadouro. A estrela para mim nem é tanto a posta, mas sim as batatas! OMG o que eu amo de paixão estas batatas, partidas fininhas, entaladas na frigideira e cobertas pelo molho avinagrado com que servem a posta... muito bom mesmo, aconselho a toda a gente!

Sardinhas assadas da sardinhada com os vizinhos. Sardinhas assadas são sempre boas, e eu sou sempre muito feliz a comê-las :) 

"Lanche Misto" aquecido, no café "K'Delicia" em Miranda do Douro.

O melhor pêssego que já comi na vida (e olhem que eu já comi muitos pêssegos!), comprado na Feira de Mogadouro. 

Orchata, comprada em Zamora. Quem já conhece (e provou!) esta bebida deliciosa?

Torradas com mel de Bemposta.

Cachorro da piscina de Mogadouro! Eu que abomino salsichas em lata, abro uma exceção para os cachorros.


Hamburguer no Honorato do Mercado da Ribeira (comi o que dava pelo nome de Falcão). Bom para hamburguer, mas o que gostei mesmo foi da companhia :)

Crepe extra nutella no café La Galette, da minha amiga Lucie. O número de crepes que comi nas últimas semanas faz-me corar de vergonha, mas comer crepes também conta como estudar francês, não é?

Figo da figueira da avó + presunto + queijo Rochefort = paraíso! 

Sandes de pernil de porco, na Feira Setecentista de Queluz. Muito, muito boa!

Tosta de atum, num café que descobri na Baixa da Banheira. Vale a pena deslocar-me até lá de propósito :)

Torradas no Café do André, no Barreiro. Acho que nunca comi uma torrada num café com tanta manteiga, e de tão boa qualidade (sabia mesmo a natas!)

Sumo de uva, feito pelo meu avô. Tão boa que é mesmo uma pena não se comercializar isto!

Sapateira para o aniversário de casamento dos meus avós (49 anos! Valentes!). Aos anos que não comia sapateira *.*

Os camarões mais bem temperados que já comi, também do aniversário dos meus avós. Aquele saborzinho a limão!... Ai!... 

Mas pronto, agora acabou-se. Agora é tempo de voltar à minha rotina, às minhas comidinhas vegetarianas e vegan, ao tentar eliminar reduzir os lacticinios... enfim, à vida normal.

E isso também é muito bom! :)

8 comentários:

  1. gostei!!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Eu gosto tanto deste tipo de posts enormes e cheios de coisas! Especialmente se forem de fim‑de‑semana ou férias, até :) lembro-me de que gostei de ler a parte I :)
    Portaanto acho que é previsível que "vote sim" para esta rubrica :) há alguma coisa melhor do que fotos descontraídas que transportam com elas as memórias de momentos felizes de férias? :)
    És uma sortuda... Se tivesse de partilhar casa com alguém gostaria imenso que esse alguém gostasse mais de limpar do que de cozinhar. Dá-te por muito feliz ;)
    Eu não me importo com o comprimento do post, DESDE QUE dê para dizer tudo dentro do limite de palavras do blogger, odeio ter de dividir os comentários... Dá imenso trabalho :P se vires isto dividido já podes imaginar a minha cara carrancuda aqui deste lado...
    Eu tive algumas... A maioria feita por mim, se calhar :P tirando isso o destaque vai mesmo para frozen yogurt da minha marca preferida (gosto taanto daquilo e só tem no sítio para onde vou de férias, de resto passo o ano em sofrimento :P) e alguns gelados :) é mesmo a melhor parte gastronómica do Verão :P
    Esse leite faz-me lembrar o com cola cao que bebia antes, mas aquilo não se dissolve decentemente, ficam bocadinhos a boiar e nem é lá grande coisa, tem uma cor molengona e um sabor medíocre... :P
    A nata do leite de cabra come-se assim? Em pão?! Já aprendi alguma coisa :P e para que usas a coalhada?
    É de mim ou esse Ben&Jerry's está granuloso e estranho? Se calhar é o meu "trauma" a falar... É assim? Estava bom? É que depois do teu comentário fiquei a pensar em dar outra oportunidade, mas isto é desencorajador :P não parece lá muito cremoso... E não sabia que era com esses paus tipo magnum que se comia :P
    Esse cachorro tem é cara de caranguejo :P essas azeitonas aí quase que fazem disso uma obra de arte... Mas não duvido de que estivesse bom :)
    Só uma pequena pergunta: o cachorro vem mesmo assim? Eu pensei que fosses tu a gozar... Quando olhei de novo para a foto e só de pensar que era mesmo assim comecei-me a rir tipo idiota. Essa batata em que eu mal tinha reparado está BRILHANTE! Ainda bem que reparei na obra completa, acho que a minha vida não vais ser igual depois disto :P
    Esses gelados caseiros começam a dar inveja ;)
    Por acaso há pouco tempo comi umas bolachas da marca desse Pain d'Épices, achei horríveis :) costumo ver muito isso no E Leclerc (já me deviam pagar pela publicidade...), são uns pãezinhos (não são propriamente redondos e pequeninos, mas pronto) altos e com um aspeto que até é bom :) também já estive quase quase a cozinhar, mas acabei por não o fazer... Agora neste tempo frio é que deve ser reconfortante :)
    Baguettes em França não podem ser más ;) haha :) mas os éclairs também não... Que é isso? Um éclair sem graça é mesmo azar...
    Adooro comida chinesa, acho que é para ser do contra por toda a gente gostar imenso de sushi ;) a comida vinha em caixinhas de plástico? :P é estranho, mas se a comida era boa e não muito cara perdoa-se :) porco agridoce nunca experimentei, primeiro porque não sei até que ponto uma coisa cujo nome inclui "porco" e "doce" pode ser boa e segundo porque tenho algum receio de não gostar de coisas agridoces. Se calhar já é antiquado, porque gosto muito de algumas comidas chinesas que têm um toque doce... Da próxima vez que for ao restaurante vou olhar 2x para ele no menu em tua honra. Mas não tenho grande vontade de arriscar e abdicar do que já sei que é bom :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E estou mesmo feliz Avelã :)
      Podes comer a nata no pão ou juntar uma quantidade considerável para bater e fazer manteiga ;) Mas eu gosto é assim, diretamente no pão!
      A coalhada é para fazer queijo ;) mnham mnham!
      O Ben & Jerry's não estava granuloso e estranho, estava delicioso de bom! :P Mas já vi que não temos definitivamente os mesmos gostos ;)
      Ahahah o cachorro foi mesmo eu a gozar :P Trazia as azeitonas assim e eu pus a batata a gozar :P Ainda tentei fazer uma cara sorridente com mais dois bocadinhos de batata, mas correu mal. Assim ficou um caranguejo carrancudo :P
      Bolachas nunca provei, mas o pain d'épices é delicioso *suspiro saudoso*
      É mesmo, foi azar! O eclair era fraquinho, fraquinho... mas a baguete compensou ;)
      A comida chinesa vinha em caixinhas de plástico porque a orientação do restaurante era as pessoas comprarem comida para levar :P Nós é que preferimos comer ali :P
      Estás a perder coisas muito boas prendendo-te a coisas boas antigas, e o porco agridoce é uma delas, acredita! Eu tenho a mania de experimentar tudo, e se às vezes tenho uma ou outra experiência aterradora, a maioria das vezes acabo por fazer grandes descobertas! ;)

      Eliminar
  3. Tenho de provar macarons, mas parece-me que a minha única hipótese é fazê-los eu :) haha... Com um bocado de sorte acabo por não chegar a experimentar porque saem mal, aquilo é tão delicado! Esses são de quê? São muito giros!
    Eu acho piada quando o melhor exemplar de uma comida tradicional e especialmente conhecida de um sítio é noutro sítio :P
    As espigas de milho andam a enviar-me sinais! Nos últimos 2 dias vi noutro blog, neste E passei por uma a correr (sim, fiz uma cara de idiota e pensei no Pateta, também conhecido como "aquele que faz uma espiga de milho parecer a comida mais interessante à face da terra".).
    Não digas essas coisas demasiado elogiosas de bolos, depois eu fico vidrada nisso :P já vou perder algum tempo a procurar receitas... ;)
    És audaciosa nas coisas que pedes :P a sério, charuto de pistachio? :) se calhar acabas por descobrir combinações estranhas e muito boas...
    Isso são farófias? Pensava que as farófias eram mais tipo bolinhos individuais e menos tipo creme/papa... Mas continuam a ter bom aspeto ;)
    Não como tremoços há taanto tempo!
    Acho que nunca comi batatas fritas realmente boas :P
    Mas toda a gente adora posta mirandesa? :P nem tenho a certeza de alguma vez ter provado. Sinceramente no dia-a-dia mal ouço falar sem ser no talho, mas já li sobre ela várias vezes em blogs...
    Ahh, a famosa sardinhada :) desde que li alguém de outro país a dizer "se tens acesso a sardinhas frescas, tenho imensa inveja" que tenho a consciência pesada por nunca comer sardinhas, mesmo quando tenho uma panelona delas feitas na brasa...
    Há taanto tempo que não como um lanche! Também nunca comi muitos :P mas esse tem melhor aspeto do que qualquer um que eu já tenha comido (conto 2 :P).
    Sabe tãão bem apanhar a melhor peça de sempre de um tipo de fruta!
    Olha a horchata! Eu tinha escrito o PS antes (SIM, eu sei o que PS significa, apeteceu-me pôr assim para separar :P), mas acho que afinal isto responde à minha pergunta. Se calhar tive azar, a que provei era congelada, branca e com um sabor muito esquisito.
    Torradas com nata e agora com mel? :P
    Entre os 2 posts já vi vários cachorros :P também acho que só comi 2, e não eram nada de especial... Tu experimentas tantos diferentes :P estou a sentir-me diminuída na minha cultura de cachorros! Mas como é que comes isso? Não parece ser possível pegar sem fazer uma "bodega" enorme... E comer de faca e garfo também não deve ser propriamente prático!
    Eee um hambúrguer... É muito mau se eu disser que os únics hambúrgueres que já comi foram de fast food? Vejo tantos "chiques" com bom aspeto de hamburguerias e tudo :) também não é a minha coisa preferida, portanto não me importo. Desde que tenha frozen yogurt ;)
    Claro, um dos requisitos essencias para se ser considerado fluente em francês é ter comido muitos crepes! Ainda por cima com Nutella, que aprendes logo italiano também :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheh
      Eu sou sempre audaciosa a provar coisas. Acho que herdei isto da minha avó: como tudo, desde que tenha bom aspeto e cheire bem! (o que para mim é quase tudo, na verdade)
      Costumo comer os cachorros "à javarda", a unica maneira possivel sem outros utensilios, ou então mesmo de garfo e faca! Desenrascam muito bem.
      Orchata congelada NÃO. Afasta-te disso. Mas o sabor é peculiar, no inicio é muito fácil nao se gostar por nao se estar habituado (comigo foi assim com a orchata e com a manetiga de amendoim: depois tornaram-se viciantes!).
      Não gosto muito de hamburgueres, de facto, mas com boa companhia qualquer coisa se come :)
      Se for pelos crepes, vou ter 20 no exame! Depois aproveito e faço um de italiano, também ;)

      Eliminar


  4. Mais uma vez, só comi crepes de supermercado e 1x feitos por mim... E nunca com Nutella... Estou-me a aperceber de algumas falhas na minha vida... Haha :)
    Que combinação estranha, essa dos figos! :) às vezes são as melhores...
    Beem, essa tosta tem um aspeto! Atum quente não me parece a melhor coisa de sempre, mas assim não me importava :) e é enorme :P e eu que nunca passei do queijo e fiambre ;) haha
    Torradas em pão tão alto, que torres! :) altinho é bom, mas assim tanto nunca comi/vi. Maaas por que é que em baixo tem 4 tiras e em cima 3? :P
    Por acaso acho que nunca comi manteiga "de qualidade"... Normalmente a minha mãe comprava sempre da magra e com pouco sal, agora não como. A manteiga é que sabia a natas? O que é que é "saber a natas"? Aquelas de pacote não me parecem remotamente semelhantes a manteiga, não consigo imaginar semelhanças...
    Acho que "sumo de uva" não é comercializado porque os pais têm medo de dar aos filhos :P haha
    Sapateira, há quanto tempo! :)
    Parabéns aos teus avós... Para o ano é que vai ser festa, não? 50 é um número importante :)
    Volta lá à rotina, também hás-de ter tido saudades :) não é mau, só diferente... Todas estas coisas boas têm de ter dado um impulsozinho para os próximos tempos :) espero que tenhas as baterias recarregadas!

    PS: estive a ver de novo o último post de férias e tenho de fazer alguns comentários:
    - horchata presta? Provei uma e era horrível, mas parece que os espanhóis amam aquilo :P
    - por que é que chamas melancia branca à melancia amarela? haha :P mas é estranho que não haja por aí, eu já vi cá a vender em hipermercados (incluindo Continente/Pingo Doce e tudo) várias vezes... Eu gosto mais da vermelha, acho que grande parte da maneira como saboreamos a fruta é a cor (tenho uma teoria um bocado obsessiva sobre a fama dos morangos :P), mas a outra tem a sua piada :)
    - já nem me lembrava de ter lido sobre o "castella", provavelmente não liguei muito... Mas há uns meses enquanto investigava pão de ló estive bastaante tempo a ler sobre o "castella cake"... Gostava mesmo de fazer (e já agora pão de ló também ;)). Nunca pediria de chá verde, mas se calhar eu é que perdia :P
    - gostas de after eight? Pensava que seria só a minha avó, para mim tudo o que tenha menta é demasiado pasta de dentes para comer :P
    - acho piada a que comas as natas com canela, acho que nunca comi uma com canela, é quase uma tradição familiar :P e pastéis de belém não contam como pastéis de nata? Haha :) eu já comi porque me trouxeram, mas nunca provei quente. Tenho curiosidade: se forem comidos frios continuam a ser melhor que outros?
    - também já tenho imeensas receitas de mochi guardadas... É engraçado, na altura nem reparei mas entretanto também passei a conhecer algumas coisas das que falaste :) são uns bolinhos tão giros!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LOL a torrada tem 3 fatias, a codea devia estar rachada e na foto parece partida em quatro :P
      Para o ano é festa rija ^^
      Nunca gosto da rotina, acho que foi a principal razão para ter escolhido psicologia como profissão :P
      Agora respondendo às tuas dúvidas:
      - Orchata presta sim! É deliciosa e frersquinha. Vê na resposta ao comentário anterior ;)
      - Realmente, não sei! A cor da fruta para mim também é importante - por isso tambem gosto mais da melancia vermelha, apesar de saber igual :P
      - O café das Catellas fechou :( ao que parece, a malta de lá voltou para o Japão. É triste. Neste caso não perdias, a normal é melhor que a de chá verde :P
      - ADORO after eight!
      - Quentinhos e com canela é que é!
      - São mesmo uns bolinhos giros :)

      Eliminar

Obrigada pela visita!